Área Cultural Área Técnica

 Ciência e Tecnologia  -  Colunistas  -  Cultura e Lazer
 
Educação  -  Esportes  -  Geografia  -  Serviços ao Usuário

 Aviação Comercial  -  Chat  -  Downloads  -  Economia
 
Medicina e Saúde  -  Mulher  -  Política  -  Reportagens

Página Principal

M O T I V A Ç Ã O   &   E M P R E E N D E D O R I S M O
01 / DEZEMBRO / 2007

SUCESSO E FELICIDADE
Por Denise Amaral (*)

            Estes são nossos grandes objetivos na vida – sucesso e felicidade!

            É também o que desejamos para aqueles a quem amamos, especialmente para os nossos filhos. Que sejam felizes em sua vida pessoal, realizados nas carreiras que elegerem, que tenham uma vida confortável, cercados de bons amigos, e que possam desfrutar de tudo o que o mundo oferece de bom.

            Mas qual será realmente a essência da felicidade? O que significa, objetivamente, o sucesso?

            Essa já não é uma pergunta simples de responder, pois sucesso e felicidade são conceitos muitíssimo amplos, e possuem significados e padrões diferentes para cada pessoa. Variam de acordo com a idade, a formação, o caráter, os princípios, as experiências, as preferências pessoais... mudam com o tempo, com a idade, com o local em que vivemos, com a forma como nos dispomos a ver o mundo, e com o papel que escolhemos assumir na história da humanidade.

            Algumas pessoas são absolutamente incapazes de compreender a felicidade dos outros. E muitas buscam o sucesso por caminhos que levam apenas ao erro e à frustração.

            A felicidade não tem nada a ver com a alegria constante, ou com a falta absoluta de sofrimento. Se fosse assim, ninguém jamais seria feliz.

            A felicidade está em encontrar alegria naquilo que temos, satisfação naquilo que somos, em enxergar a beleza que está por trás das coisas simples de cada dia. Somos felizes na medida em que não temos medo de enfrentar as dificuldades que fazem parte de nossa existência, e em que nos preparamos para resolver os problemas de maneira construtiva, com criatividade e amor, transformando cada um deles em oportunidade de melhorar a nossa vida e a daqueles que caminham ao nosso lado, e dependem de nós. Somos felizes quando damos bons exemplos, quando inspiramos outros a fazer o que é certo, quando mostramos na prática que podemos construir um mundo cada vez melhor.

            A pessoa feliz é extremamente atraente – todos querem se sentir bem, e gostam de estar por perto de quem tem uma atitude positiva e otimista. A felicidade é contagiante, assim como o bom humor! O inverso também é verdadeiro. As pessoas negativistas e mal-humoradas, que só sabem reclamar de tudo e parecem ter olhos somente para o que lhes falta, funcionam como um sinal luminoso que diz: “Perigo! Afaste-se de mim!

            A felicidade não é uma questão de posição ou de posses. É uma forma de ver o mundo, e de relacionar-se com ele. Ter o que o outro tem, fazer o que o outro faz, ser o que o outro é, não garante a felicidade de ninguém. Pois alguns estão perfeitamente satisfeitos com pouco, enquanto outros jamais estarão realmente satisfeitos com seja lá o que for. E se pudéssemos assumir a vida de outra pessoa – alguém que parece ter a felicidade que desejamos – descobriremos que há problemas e dificuldades permeando seus dias, coisas que simplesmente escolhemos não ver, que julgamos não existir. Mas é provável que seja justamente o peso dos dias que dê tanta consistência e tanto brilho à face feliz que nós contemplamos.

            Com o sucesso é exatamente a mesma coisa. Admiramos aqueles que estão no topo, e secretamente os invejamos, achando que estão ali por sorte ou obra injusta do acaso. Mas quem é bem sucedido de verdade tem sempre uma história de esforço e dedicação. O sucesso que vem de graça, ou por vias duvidosas, é como um castelo de areia construído à beira da praia – só dura enquanto não sobe a maré. Pode chamar a atenção de todos, mas é vazio e passageiro.

            O sucesso merecido é firme e forte, estruturado sobre talento, preparo e sacrifício. Agüenta ventos e tempestades, e o passar do tempo só faz torná-lo mais consistente.

            Não há caminhos curtos para o sucesso, como não há atalhos seguros para a felicidade.

            Construímos nossa história – e nossa personalidade – a cada dia, a cada nova experiência que vivemos, a cada novo desafio que enfrentamos. O que determina os contornos de nossa vida são os princípios que seguimos e as escolhas que fazemos.

            Devemos manter nossos passos na trilha do que é certo, honesto e bom, pois este é o caminho do verdadeiro sucesso e da verdadeira felicidade. Mesmo que custe um pouco mais de esforço, ou um pouco mais de tempo, aquilo que conquistarmos será nosso de fato e por direito, e nos dará o prazer e a satisfação que tanto buscamos.

            O sucesso e a felicidade com que sempre sonhamos.

(*) Denise Rodrigues do Amaral é escritora, advogada e pós-graduada em Teoria da Comunicação, especialista em comunicação e produtividade.
É autora do livro "Crianças podem voar", publicado pela Editora Internacional e possui mais de 400 editoriais publicados na área de relacionamento no trabalho.
Seu e-mail: denise@ramaral.adv.br.

A PROPRIEDADE INTELECTUAL DOS TEXTOS É DE SEU AUTOR
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS©

Leia aqui mais colunas sobre Motivação & Empreendedorismo


FALE CONOSCO ==> CLIQUE AQUI