IGMI-C – ÍNDICE GERAL DO MERCADO IMOBILIÁRIO – COMERCIAL

(Descontinuado desde o 3º tri/2018)

Histórico:

A BM&FBOVESPA e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) lançaram, no dia 11 de fevereiro de 2011, o primeiro indicador de rentabilidade do setor imobiliário brasileiro: o Índice Geral do Mercado Imobiliário – Comercial. O IGMI-C foi desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre/FGV), com patrocínio e colaboração de 26 entidades, representando empresas dos setores financeiro e imobiliário e fundos de pensão.

O objetivo do novo indicador é tornar-se uma referência de rentabilidade de imóveis comerciais – escritórios, hotéis, shoppings e outros -, contribuindo para que os investidores tenham maior transparência em relação à formação dos preços de compra, venda e locação.

Principais usos:

– Referência para investidores no setor de imóveis comerciais.
– Acompanhamento de valorização de ativos reais para análises macroeconômicas.

Metodologias

O IGMI-C é divulgado em três versões, cujas fórmulas de cálculo são:

Onde:

ROL 
= Receita Operacional Líquida (total de receitas do empreendimento menos despesas operacionais) 
V = Valor avaliado do empreendimento
I = Investimentos em reformas e benfeitorias
A = Alienações parciais ou totais.

Esta metodologia de cálculo reproduz vários indicadores internacionais semelhantes, de um lado aproveitando as experiências de outros países, e de outro possibilitando uma comparação dos resultados.

Sobre o IGMI-C – O indicador é calculado com base em informações fornecidas por um grupo de participantes envolvendo investidores institucionais e empresas ligadas ao setor imobiliário, tais como entidades de classe, consultores, administradores e gestores de carteiras imobiliárias, incorporadores e outros. A série histórica desta divulgação tem início no ano de 2000.

As maiores concentrações estão em escritórios comerciais (cerca de 50% do total) e shopping-centers (cerca de 25% do total). Do ponto de vista regional, todos os estados do país estão representados, mas as maiores concentrações estão em São Paulo (cerca de 37% do total) e Rio de Janeiro (cerca de 26% do total).

O IGMI-C está aberto para novos participantes e, com isso, a quantidade e qualidade de informações deverão crescer ao longo do tempo. Com base em um fluxo contínuo de informações mensais dos participantes, o IGMI-C será calculado e divulgado trimestralmente.

TrimestreRetorno do CapitalRetorno da RendaRetorno Total
Número-Índice (Base 100,0)
2000t1100,0100,0100,0
2000t2102,9100,9103,9
2000t3107,1103,4110,6
2000t4109,6105,8115,8
2001t1111,5107,6119,8
2001t2115,1110,5126,8
2001t3119,1113,1134,2
2001t4120,9116,0139,7
2002t1122,5119,0145,2
2002t2124,2122,4151,4
2002t3126,4125,2157,5
2002t4127,9127,9162,7
2003t1133,0130,3172,3
2003t2135,7133,8180,4
2003t3138,1136,2186,9
2003t4140,8138,2193,2
2004t1144,3140,5201,3
2004t2146,2143,7208,5
2004t3147,4146,0213,5
2004t4148,8148,1218,6
2005t1150,5149,8223,5
2005t2152,2153,1231,2
2005t3154,9155,8239,2
2005t4156,8157,7245,1
2006t1161,0159,7254,7
2006t2164,9163,4266,9
2006t3167,6166,2275,8
2006t4169,8169,9285,6
2007t1174,8172,2297,9
2007t2178,4176,6311,5
2007t3183,1180,4326,5
2007t4187,9185,2343,6
2008t1196,6191,7371,7
2008t2202,4197,9394,7
2008t3206,9204,5416,6
2008t4212,7212,0443,6
2009t1223,3219,4481,1
2009t2230,7226,8513,3
2009t3234,8233,7538,2
2009t4240,1241,6568,5
2010t1248,3249,1605,4
2010t2255,0256,8640,4
2010t3260,9264,7675,0
2010t4265,9274,7713,4
2011t1270,6283,4748,7
2011t2274,5291,4780,8
2011t3277,2299,5810,0
2011t4280,7307,6842,1
2012t1285,2316,0878,8
2012t2288,7323,8911,0
2012t3293,0331,6946,6
2012t4298,9340,5991,0
2013t1305,4349,01.037,2
2013t2311,7356,81.081,9
2013t3317,5365,01.126,9
2013t4322,3373,91.171,5
2014t1326,1383,11.214,2
2014t2330,7391,51.257,8
2014t3334,4400,21.299,9
2014t4336,7409,31.338,3
2015t1339,4418,71.379,8
2015t2341,7428,11.420,2
2015t3343,1437,01.455,4
2015t4343,5446,01.487,3
20161t343,9455,41.520,3
20162t343,8465,61.533,9
2016t3343,2475,21.583,4
2016t4342,8484,91.613,4
20171t342,0494,01.640,5
20172t341,4502,61.665,6
20173t340,4511,01.688,9
20174t340,9519,91.720,9
20181t341,7527,61.750,1
20182t342,2536,11.781,0

FONTE: Base de dados do Portal Brasil® e Fundação Getúlio Vargas (FGV)


FALE CONOSCO ==> CLIQUE AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *